O comportamento do consumidor de automóveis

  • Renan da Cunha Soares Junior Curso de Psicologia da UCDB
  • Ana Cristina Alves Lima Centro Universitário de Araraquara
  • Heloisa Bruna Grubits Freire Programa de Mestrado e Doutorado em Psicologia da UCDB
Palavras-chave: psicologia do consumidor, automóveis, comportamento.

Resumo

O presente trabalho versa sobre o comportamento dos consumidores de automóveis. Foi realizada uma pesquisa de artigos, dissertações e teses, utilizando ferramentas como o Scielo, Bireme, Banco Nacional de Teses. Foram utilizados os trabalhos com datas de 1995 a 2014. Muitos são os motivos para a compra de um veículo, como a ineficiência das políticas públicas de transporte e da compreensão da posse do automóvel como um símbolo de status, de ascensão social e de poder. O objetivo foi demonstrar as características do comportamento do consumidor, por meio de pesquisas já realizadas. Fica evidente que existe uma mudança na significação da posse do veículo com o seu uso nas vias. A psicologia centra-se nas questões relativas ao status do veículo e deste como objeto de poder. A comunicação preocupa-se com motivadores de consumo e os desdobramentos necessários aos fabricantes e revendedores para que fidelizem seus clientes e maximizem suas vendas.

Biografia do Autor

Renan da Cunha Soares Junior, Curso de Psicologia da UCDB
Possui graduação em Psicologia (2003) e Mestrado em Psicologia pela Universidade Católica Dom Bosco (2007) com a Dissertação " Comportamento de Risco no Trânsito em Motoristas de Campo Grande-MS". Especialista em Psicologia do Trânsito pelo CFP (2014), Especialista em Psicologia da Comunicação e do Marketing pela UNIARA-SP (2015). Atualmente é Aluno Especial do Programa de Doutorado em Psicologia da Saúde da UCDB. Psicólogo Assessor Técnico da Diretoria de Habilitação e Educação de Trânsito do DETRAN/MS (2011-2014). Atualmente é Coordenador do Curso Psicologia da Universidade Católica Dom Bosco, Professor de Psicologia do Trânsito e Psicologia da Saúde III , Supervisor de Estágio em Saúde. É Conselheiro do Conselho Estadual de Trânsito -CETRAN-MS (2010 - Atual). Atua principalmente nos seguintes temas: Trânsito e Subjetividade, Segurança de trânsito, Mobilidade Humana, Comportamento de Risco no Trânsito, Psicologia da Saúde, Saúde Mental, Avaliação Psicológica.
Ana Cristina Alves Lima, Centro Universitário de Araraquara
Possui graduação em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas(2000) e mestrado em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas(2003). Atualmente é Professora do Centro Universitário de Araraquara e Coordenadora da Pós Graduação EAD-Psicologia do Centro Universitário de Araraquara. 
Heloisa Bruna Grubits Freire, Programa de Mestrado e Doutorado em Psicologia da UCDB
Graduada em Psicologia - Formação de Psicólogo e Psicologia Licenciatura Plena, ambas pela Universidade Católica Dom Bosco (UCDB); Especialista em Sóciopsicomotricidade Ramain Thiers, pelo CESIR; Especialista em Equitação, pela Escola de Equitação de Exército (EsEqEx); Mestre em Psicologia, pela Universidade Católica Dom Bosco (UCDB); Doutora em Ciências Biomédicas, pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Atualmente é professora titular da Universidade Católica Dom Bosco (UCDB) e Coordenadora do Programa de Equoterapia (PROEQUO-UCDB). Ministra aulas no curso de graduação em Psicologia e na pós-graduação (mestrado e doutorado) em Psicologia, na qual também é orientadora e pesquisadora. É líder do grupo de pesquisa CNPQ "Equoterapia: teoria e técnica". Parecerista de revistas e congressos nacionais e internacionais. Atua nos seguintes campos: Psicologia da Saúde, Saúde Mental de Estudantes, Equoterapia e Equitação Terapêutica. Tem pesquisado os seguintes temas: Equoterapia e Equitação Terapêutica; Saúde Mental, Qualidade de Vida e Coping em Estudantes Universitários.

Referências

ALLEN, M. W. The attribute-mediation and product meaning approaches to the influences of human values on consumer choices. In: COLUMBUS, F. (Ed.). Advances in psychology research. Huntington, NY: Nova Science, 2000. v. 1, p. 31-76. Disponível em: <http://works.bepress.com/cgi/viewcontent.cgi?article=1003&context=michael_allen1>. Acesso em: 5 dez. 2014.

______. A practical method for uncovering the direct and indirect relationships between human values and consumer purchases. Journal of Consumer Marketing, Bradford, v. 18, n. 2, p. 102-120, 2001.

ALLEN, M. W.; NG, S. H.; WILSON, M. A functional approach to instrumental and terminal values and the value-attitude‐behaviour system of consumer choice. European Journal of Marketing, Bradford, v. 36, n. 1-2, p. 111-135, 2002.

AUFHEBEN. A importância do carro para a economia moderna. In: LUDD, N. (Org.). Apocalipse motorizado: a tirania do automóvel em um planeta poluído. São Paulo: Conrad, 2005. p. 83-102.

BRASIL. Presidência da República. Medida Provisória n. 482, de 28 de abril de 1994. Dispõe sobre o Programa de Estabilização Econômica, o Sistema Monetário Nacional, institui a Unidade Real de Valor (URV) e dá outras providências. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília, DF, 29 abr. 1994a. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/MPV/1990-1995/482.htm>. Acesso em: 4 dez. 2014.

BRASIL. Presidência da República. Lei n. 8.880, de 27 de maio de 1994. Dispõe sobre o Programa de Estabilização Econômica e o Sistema Monetário Nacional, institui a Unidade Real de Valor (URV) e dá outras providências. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília, DF, 15 maio 1994b. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/LEIS/L8880.htm>. Acesso em: 28 nov. 2014.

CANCLINI, N. G. Consumo, acesso e sociabilidade. Comunicação, Mídia e Consumo, São Paulo, v. 6, n. 16, p. 111-127, 2009.

CARVALHO, R. C.; PRADO, M. M. Sem medo de dirigir. São José dos Campos, SP: Mirian, 2005.

CHURCHILL JR., G. A.; PETER, J. P. Marketing: criando valor para os clientes. Tradução de Cecília Camargo Bartalotti e Cid Knipel Moreira. São Paulo: Saraiva, 2003.

CONTROL, M. Acabem com todos os carros. In: LUDD, N. (Org.). Apocalipse motorizado: a tirania do automóvel em um planeta poluído. São Paulo: Conrad, 2005. p. 103-118.

CORASSA, N. Uso do carro como uma extensão da casa e os conflitos no trânsito. In: HOFFMAN, M. H.; CRUZ, R. M.; ALCHIERI, J. C. (Org.). Comportamento humano no trânsito. São Paulo: Casa do Psicólogo, 2003. p. 61-74.

DAMATTA. R. Fé em Deus e pé na tábua: ou como e porque o trânsito enlouquece no Brasil. São Paulo: Rocco, 2012.

DITTMAR, H. The social psychology of material possessions: to have is to be. New York: St. Martin's Press, 1992.

ENGEL, J. F.; BLACKWELL, R. D.; MINIARD, P. W. Comportamento do consumidor. Rio de Janeiro: LTC, 2000.

FURTADO, O. Espaço público: direito de todos. In: CONSELHO FEDERAL DE PSICOLOGIA. Psicologia e mobilidade: o espaço público como direito de todos. Brasília, DF, 2010. p. 27-40. Disponível em: <http://site.cfp.org.br/wp-content/uploads/2012/07/seminario_mobilidade_27_08_10.pdf>. Acesso em: 5 dez. 2014.

GIGLIO, E. M. O comportamento do consumidor. São Paulo: Cencage Learning, 2010.

GORZ. A. A ideologia social do automóvel. In: LUDD, N. (Org.). Apocalipse motorizado: a tirania do automóvel em um planeta poluído. São Paulo: Conrad, 2005. p. 73-82.

KARSAKLIAN, E. Comportamento do consumidor. São Paulo: Atlas, 2000.

MARTIN, N. Hábitos de consumo. Rio de Janeiro: Elsevier, 2009.

MATTAR, F. N. O comportamento do comprador de automóveis novos. Revista de Administração, São Paulo, v. 17, n. 3, p. 50-59, 1982. Disponível em: <http://www.spell.org.br/documentos/download/19281>. Acesso em: 5 dez. 2014.

MORAIS, R. C.; PASCUAL, J. C.; SEVERIANO, M. F. V. Apaixonados por carros como todo brasileiro" (?) - Reflexões frankfurteanas sobre a indústria cultural contemporânea. Estudos e Pesquisas em Psicologia, Rio de Janeiro, v. 11, n. 3, p. 873-897, 2011. Disponível em: <http://www.e-publicacoes.uerj.br/index.php/revispsi/article/download/8341/6135>. Acesso em: 5 dez. 2014.

NAVES, F. V. R. A mulher e a decisão de compra de automóvel: propósitos e processos. 2012. 110 f. Dissertação (Mestrado em Administração) – Faculdades Integradas de Pedro Leopoldo, Pedro Leopoldo, RS, 2012. Disponível em: <http://www.fpl.edu.br/2013/media/pdfs/mestrado/dissertacoes_2012/dissertacao_fabiana_vieira_reis_naves_2012.pdf>. Acesso em: 5 dez. 2014.

OKUBARO, J. O automóvel, um condenado? São Paulo: SENAC, 2001.

OLIVEIRA, R. O. A atividade de vendas na era das relações: uma análise da percepção da força de vendas de automóvel no mercado de Santos X comportamento de compra de automóvel novo. eGesta: revista eletrônica de gestão de negócios, Santos, SP, v. 1, n. 2, p. 85-105, 2005. Disponível em: <http://webcache.googleusercontent.com/search?q=cache:6nh34OarzQcJ:www.unisantos.br/mestrado/gestao/egesta/artigos/36.pdf+&cd=1&hl=pt-BR&ct=clnk&gl=br>. Acesso em: 5 dez. 2014.

PIRES, V. C.; MARCHETTI, R. Z. Fatores influenciadores na escolha da fonte de informação na compra de automóveis novos: a importância da comunicação boca a boca. In: ENCONTRO ANUAL DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO, 24., 2000, Florianópolis. Anais... Rio de Janeiro: Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Administração, 2000. p. 1-16. Disponível em: <http://www.anpad.org.br/diversos/trabalhos/EnANPAD/enanpad_2000/MKT/2000_MKT300.pdf>. Acesso em: 5 dez. 2014.

POPCORN, F.; MARIGOLD, L. Público-alvo mulher: 8 verdades do marketing para conquistar a consumidora do futuro. Rio de Janeiro: Campus, 2003.

ROZESTRATEN, R. J. A. Psicologia do trânsito: conceitos e processos básicos. São Paulo: Editora Pedagógica e Universitária, 2006.

SAMARA, B.; MORSCH, M. A. Comportamento do consumidor: conceitos e casos. São Paulo: Prentice Hall, 2005.

SAMPAIO, D. et al. Um estudo comparativo sobre o comportamento do consumidor de automóveis novos. In: SEMINÁRIOS EM ADMINISTRAÇÃO FEA-USP, 7., 2004, São Paulo. Anais... São Paulo: Faculdade Estácio de Sá, 2004. Não paginado. Disponível em: <http://www.ead.fea.usp.br/Semead/7semead/paginas/artigos%20recebidos/marketing/MKT76_-_Um_Estudo_comparativo_do_comp_consumid.PDF>. Acesso em: 5 dez. 2014.

SEVERIANO, M. F. Narcisismo publicidade: uma análise psicossocial dos ideais de consumo na contemporaneidade. São Paulo: Annablume, 2007.

SILVA, A. B.; FARIAS, V. T.; CERQUEIRA, L. S. Consumidor de baixa renda: uma análise dos fatores que influenciam a aquisição de automóveis em Salvador. In: SIMPÓSIO DE EXCELÊNCIA EM GESTÃO E TECNOLOGIA, 9., 2012, Rezende, RJ. Anais... Rezende, RJ: AEDB, 2012. Não paginado. Disponível em: <http://www.car.aedb.br/seget/artigos12/56416375.pdf>. Acesso em: 5 dez. 2014.

SOLOMON, M. R. Comportamento do consumidor: comprando, possuindo e sendo. 5. ed. Porto Alegre, RS: Bookman, 2002.

SPECTOR, P. Psicologia nas organizações. São Paulo: Saraiva, 2012.

TORRES, C. V.; ALLEN, M. W. Influência da cultura, dos valores humanos e do significado do produto na predição de consumo: síntese de dois estudos multiculturais na Austrália e no Brasil. Revista de Administração do Mackenzie, São Paulo, v. 10, n. 3, p. 127-152, 2009. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/ram/v10n3/a08v10n3.pdf>. Acesso em: 5 dez. 2014.

VASCONCELOS, E. A. O que é trânsito? São Paulo: Brasiliense, 1992.

_____. A cidade, o transporte e o trânsito. São Paulo: Prolivros, 2005.

Publicado
2016-09-22