O embelezamento das cidades sob a ótica da iluminação urbana em fachadas e monumentos históricos

  • Natacha Oliskovicz Universidade Católica Dom Bosco
Palavras-chave: iluminação urbana, cidades, edifícios históricos.

Resumo

A iluminação urbana passa por vários processos adaptando-se à realidade encontrada atualmente. Antes vista como apenas iluminação pública, hoje a iluminação urbana sugere um conceito mais amplo, pois diz respeito à segurança, ao embelezamento das cidades durante o período noturno. Faz então provocar uma reflexão sobre o tema e no papel que a luz pode desempenhar na identificação e valorização de edifícios históricos. A pesquisa tem, como objetivo geral, pesquisar a iluminação urbana aplicada dentro dos projeto urbanos sob a ótica da iluminação em fachadas e monumentos históricos. Para o desenvolvimento da pesquisa, foi feito um embasamento teórico do trabalho utilizando a revisão bibliográfica e análise de produções científicas relacionadas ao tema. Dessa forma, vale ressaltar, que a luz revela a beleza do cenário urbano noturno, proporcionando efeitos e percepções visuais diferentes daqueles observados durante o dia, resultando em cidades mais atrativas e convidativas aos visitantes e turistas.

Referências

BARRETO, Leonardo. Patrimônio histórico: preservando com conhecimento e respeito. Lume Arquitetura, São Paulo, ed. 9, ago./set. 2004. Entrevista concedida a Cláudia Carvalho. Disponível em: <http://www.lumearquitetura.com.br/pdf/ed09/ed_09_Entrevista.pdf>.

CARVALHO, Cláudia. Fachadas que valorizam - iluminação “micro” em escala “macro”. Lume Arquitetura, São Paulo, ed. 03, ago./set. 2003. Seção Case. Disponível em: <http://www.lumearquitetura.com.br/pdf/ed03/ed_03_Case_Fachadas.pdf>.

GODOY, Plinio. City bealtifufication - iluminação para o embelezamento das cidades. Lume Arquitetura, São Paulo, ed. 4, out./nov. 2003. Seção Ponto de Vista. Disponível em: <http://www.lumearquitetura.com.br/pdf/ed04/ed_04_Ponto.pdf>.

INSTITUTO DE PATRIMÔNIO HISTÓRICO E ARTÍSTICO NACIONAL (IPHAN). [s.d.]. Diponível em: <http://portal.iphan.gov.br/>. Acesso em: 20 mar. 2015.

JUNQEIRA, Mariana; YUNES, Gilberto S. A vocação cenográfica da iluminação pública no processo de valorização da pisagem urbana contemporânea. In: CONINTER – CONGRESSO INTERNACIONAL INTERDISCIPLINAR EM SOCIAIS E HUMANIDADES, 2. Belo Horizonte, de 8 a 11 de outubro de 2013. Anais... Belo Horizonte: ANINTER-SH; UFMG, 2013.

LUME ARQUITETURA. Destacando monumentos – critérios e cuidados que podem ajudar. São Paulo, ed. 05, dez. 2003/jan. 2004. Seção Ponto de Vista. Disponível em: <http://www.lumearquitetura.com.br/pdf/ed05/ed_05_Ponto_Monumentos.pdf>.

MOISINHO FILHO, E. F. Patrimônio cultural e iluminação urbana: diretrizes de intervenção luminotécnica no centro histórico de São Cristóvão, Sergipe. 2010. 333p. Dissertação (Mestrado em Arquitetura e Urbanismo) – Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, SP, 2010.

NARBONI, R. A luz e a paisagem: criar paisagens nocturnas. Lisboa: Livros Horizonte, 2003.

PHOENIX, Graham. Com a palavra o presidente da IALD. Lume Arquitetura, São Paulo, ed. 18, fev./mar. 2006. Entrevista concedida a Maria Clara de Maio. Disponível em: <http://www.lumearquitetura.com.br/pdf/ed18/ed_18_Entrevista.pdf>.

PORTAL BRASIL. Saiba quais bens brasileiros são Patrimônio Mundial Cultural. 2009. Disponível em: <http://www.brasil.gov.br/cultura/2009/10/saiba-quais-bens-brasileiros-sao-patrimonio-mundial-cultural>. Acesso em: 2016.

SANTOS, E. R. dos. A iluminação pública como elemento de composição da paisagem urbana. 2005. 109f. Dissertação (Mestrado em Arquitetura) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS, 2005.

SILVA, Mauri Luiz da. Iluminação: simplificando o projeto. Rio de Janeiro: Moderna, 2009. 172p.

SZABO, Ladislao. Sim à luz – considerações de Ladislao Szabo. Lume Arquitetura, São Paulo, n. 2, jun./jul. 2003. Entrevista concedida a Maria Clara de Maio. Disponível em: <http://www.lumearquitetura.com.br/img/ed_02%20En%20-%20Ladislao.pdf>.

Publicado
2016-11-17