Ensino da Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS) como segunda língua para falantes da Língua Portuguesa

  • Adriano de Oliveira Gianotto Secretaria Municipal de Educação de Campo Grande, MS (SEMED)
  • Heitor Romero Marques Universidade Católica Dom Bosco (UCDB)
Palavras-chave: ensino de língua. segunda língua (L2)LIBRAS. metodologia.

Resumo

Esse artigo nos convida a refletir sobre o ensino da Língua Brasileira de Sinais - Libras para a comunicação entre a pessoa surda e a falante da Língua Portuguesa. Visa à verdadeira inclusão do sujeito surdo em todas as áreas da sociedade. Expõe metodologias de ensino de línguas e foca-se no método Comunicativo. Abrange as ideias de Gesser e Almeida Filho. Remetem-se as reflexões de Maturana e Varela, bem como de Chauí. Estimula a phronesis entre o ensinar e o aprender. Motiva o ensino de uma segunda língua de forma a efetivar a comunicação entre as pessoas. Protagoniza a dialogicidade entre as pessoas e a múltiplas aprendizagens. Traz orientações sobre o ensino de Libras estabelecendo vínculos com a experiência de vida. Percorre caminhos formativos, da instrução a pedagogização do ensino, capaz de transformar o ensinante em aprendente e o aprendente em ensinante. Essa pesquisa mostra-se importante, uma vez que os cursos de uma segunda língua efetivem a busca por novos conhecimentos capazes de aproximar os homens (os seres humanos).

 

Referências

ALMEIDA FILHO, J. C. P. Dimensões comunicativas no ensino de línguas. Campinas, SP: Pontes, 1993.

BRASIL. Lei n. 10.436 de 2002. Dispõe sobre a Língua Brasileira de Sinais - LIBRAS e dá outras providências.. Brasília, D.

______. Decreto n. 5.626 de 2005. Regulamenta a Lei n. 10.436, de 24 de abril de 2002, que dispõe sobre a Língua Brasileira de Sinais - LIBRAS, e o art.18 da Lei n. 10.098, de 19 de dezembro de 2000.. Brasília, DF.

CHAUÍ, Marilena. Convite à filosofia. 12. ed. São Paulo: Ática, 2002.

______. Metodologia de ensino em LIBRAS como L2. Florianópolis, SC: UFSC, 2010.

MATURANA, R. H.; VARELA, F. J. El arbol del conocimiento. Santiago, Chile: Universitária, 1999.

______. Emociones y linguaje. Santiago, Chile: Hachette, 1991.

Publicado
2015-11-27
Seção
Artigos