Ética e suicídio: a condição humana em Arthur Schopenhauer

  • Diego de Oliveira Mariano Universidade Católica Dom Bosco (UCDB), Campo Grande, MS
  • Éverton França de Souza Manari Universidade Católica Dom Bosco (UCDB), Campo Grande, MS
  • João Alberto Mendonça Silva Universidade Católica Dom Bosco (UCDB), Campo Grande, MS
Palavras-chave: ética, vontade, felicidade.

Resumo

A existência humana, dentro da visão do filósofo Arthur Schopenhauer, está fadada a um enorme desespero, o que provoca a gana de todas as vontades de completar-se a si mesmo. Por ser o homem o animal perverso par excellence, a felicidade torna-se impossível dentro dessa existência e dessa condição de desespero e ilusão. Assim, condenado à tristeza, o homem vê na morte uma solução e aproxima-se dela em busca de felicidade em outra vida. Buscar um argumento ético e não embasar a reflexão em argumentos teológicos é um grande desafio. Assim, o intento deste artigo é desenvolver a reflexão sobre o suicídio e mostrar como ele pode ser defendido e debatido dentro de uma visão de ser humano desfantasiada que Schopenhauer apresenta.

Referências

ARISTÓTELES. Ética a Nicômaco. São Paulo: Martin Claret, 2006.

CAMUS, A. O mito de Sísifo. 6. ed. Rio de Janeiro: Record, 2008.

ENGELHARDT, H.T. Fundamentos da Bioética. São Paulo: Edições Loyola, 1998.

EPICURO. Pensamentos. São Paulo: Martin Claret, 2005.

FRANKL, V.E. Um sentido para a vida: psicoterapia e humanismo. 11. ed. Aparecida do Norte, SP: Ideias e Letras, 2005.

HUME, D. Do suicídio. In: PUENTE, F. R. [Coord.]. Os filósofos e o suicídio. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2008.

MAINLÄNDER, P. Reflexões sobre o suicídio. In: PUENTE, F.R. [Coord.]. Os filósofos e o suicídio. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2008.

MONTAIGNE, M. Ensaios. In: PUENTE, F.R. [Coord.]. Os filósofos e o suicídio. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2008.

NIETZSCHE, F. Assim falava Zaratustra. 11. ed. Lisboa: Guimarães, 1997.

PLATÃO. Fédon: diálogo sobre a alma e morte de Sócrates. São Paulo: Martin Claret, 2004.

PLOTINO. Enéada. In: PUENTE, F.R. [Coord.]. Os filósofos e o suicídio. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2008.

ROUSSEAU, J. J. A nova Heloísa. In: PUENTE, F.R. [Coord.]. Os filósofos e o suicídio. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2008.

SARTRE, J. P. O ser e o nada: ensaio de ontologia fenomenológica. 5. ed. Rio de Janeiro: Vozes, 1997.

SÊNECA. Epístolas a Lucíolo, VIII, epístola 70. In: PUENTE, F. R. [Coord.]. Os filósofos e o suicídio. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2008.

SCHOPENHAUER, A. O mundo como vontade e representação/Crítica da filosofia Kantiana/Parerga e paralipomena. São Paulo: Abril Cultural, 1980 e 1999.

______. Aforismos para a sabedoria de vida. São Paulo: Editora UNESP, 2005.

Publicado
2015-12-14
Seção
Artigos