Influência do lodo de caleiro na qualidade de ­mudas de pinho-cuiabano

  • Francis Lívio Corrêa Queiroz Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT)
  • Walcylene Lacerda Matos Pereira Scaramuzza Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT)
  • Antonio de Arruda Tsukamoto Filho ­Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT)
Palavras-chave: Schizolobium amazonicum, características morfológicas, resíduos orgânicos

Resumo

Objetivou-se neste trabalho avaliar a influência de lodo de caleiro quanto aos parâmetros morfológicos de mudas de pinho-cuiabano. O delineamento foi o inteiramente casualizado, com cinco repetições e seis tratamentos: T1 - Substrato + NPK + FTE; T2 - Substrato + Lodo (1,5 g kg-1) + NPK + FTE; T3 - Substrato + Lodo (3 g kg-1) + NPK + FTE; T4 - Substrato + Lodo (4,5 g kg-1) + NPK + FTE; T5 – Substrato + Lodo (6 g kg-1) + NPK + FTE; T6 - Substrato + Lodo (7,5 g kg-1) + NPK + FTE. As variáveis avaliadas foram: altura; diâmetro do colo; massa matéria seca parte aérea; massa matéria seca raiz; relação altura pelo diâmetro colo; relação massa matéria seca parte aérea pela massa matéria seca da raiz; índice qualidade de Dickson. O lodo de caleiro pode ser utilizado na produção de mudas de pinho-cuiabano, pois influenciou positivamente nas suas características morfológicas.

Referências

BINOTTO, A. F. Relação entre as variáveis de crescimento e o índice de qualidade de Dickson em mudas de Eucalyptus grandis W. Hill ex Maid e Pinus elliottii var. elliottii – Engelm. 2007. 54 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Florestal) – Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, RS.

CARNEIRO, J. G. A. Produção e controle de qualidade de mudas florestais. Curitiba: UFPR/FUPEF, 1995.

CASTILHOS, D. D.; TEDESCO, M. J.; VIDOR, C. Rendimentos de culturas e alterações químicas do solo tratados com resíduos de curtume e cromio hexavamente. Revista Brasileira de Ciência do Solo, Viçosa, v. 26, p. 1083-1092, 2002.

DICKSON, A; LEAF, A. L; HOSNER, J. F. Quality appraisal of white spruce and pine seedling stock in nurseries. Forestry Chronicle, v. 36, p. 10-13, 1960.

FONSECA, E. P. et al. Padrão de qualidade de mudas de Trema micranta (L.) Blume, produzidas sob diferentes períodos de sombreamento. Revista Árvore, Viçosa, v. 26, n. 4, p. 515-523, 2002.

FRANCZAK, D. D.; RONDON NETO, R. M.; ROSA, T. F. D.; LIMA, V. S. Adição de dosagens de lodo de curtume em substrato comercial para produção de mudas de Caroba (Jacarandá cuspidifolia Mart.). In: ENCONTRO NACIONAL SOBRE SUBSTRATOS PARA PLANTAS MATERIAIS REGIONAIS COMO SUBSTRATO, 6., 2008, Fortaleza: Embrapa Agroindústria Tropical; SEBRAE/CE; UFC. 9-12 set. 2008. Disponível em: <http://www.cnpat.embrapa.br/viensub/Trab_PDF/sub_13.pdf>. Acesso em: 30 ago. 2011.

GONÇALVES, L. M. Recomendações de adubação para Eucalyptus, Pinus e espécies típicas da Mata Atlântica. Piracicaba: Esalq, 1995. p. 1-23. (Documentos florestais, n. 15).

HUNT, G. A. Effect of styroblock design and cooper treatment on morphology of conifer seedlings. In: TARGET SEEDLING SYMPOSIUM, MEETING OF THE WESTERN FOREST NURSERY ASSOCIATIONS, GENERAL TECHNICAL REPORT RM-200, 1990, Roseburg. Proceedings... Fort Collins: United States Departament of Agriculture, Forest Service, 1990. p. 218-222.

JOSÉ, A. C; DAVIDE A. C.; OLIVEIRA, S. L. Produção de mudas de aroeira (Schinus terebinthifolius Raddi) para a recuperação de áreas degradadas pela mineração de bauxita. Revista Cerne, Lavras, v. 11, n. 2, p.187-196, 2005.

LOCATELLI, M. et al. Deficiências nutricionais em mudas de Schizolobium parahyba var. amazonicum. Revista Brasileira de Biociências, Porto Alegre, v. 5, suplemento 2, p. 648-650, 2007.

MARQUES, T. C. L. L. M. et al. Crescimento inicial do paricá (Schizolobium amazonicum Huber) sob omissão de nutrientes e de Sódio em solução nutritiva. Revista Cerne, Lavras, v. 10, n. 2, p.184-195, 2004.

MARTINES, A. M. Impacto do lodo de curtume nos atributos biológicos e químicos do solo. 2005. 62 f. Dissertação (Mestrado em Agronomia) – Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz, Universidade de São Paulo, Piracicaba, SP.

MELLONI, R; SILVA, F. A. M.; CARVALHO, J. G. Cálcio, magnésio e potássio como amenizadores dos efeitos da salinidade sobre a nutrição mineral e o crescimento de mudas de aroeira (Miracrodruon urundeuva). Revista Cerne, Lavras, v. 6, n. 2, p. 035-040, 2000.

NÓBREGA, R. S. A.; VILAS BOAS, R. C.; NÓBREGA, J. C. A.; PAULA, A. M; MOREIRA, F. M. S. Utilização de biossólidos no crescimento inicial de mudas de aroeira (Schinus terebinthifolius Raddi). Revista Árvore, Viçosa, MG, v. 31, n. 2, p. 239-346, 2007.

NÓBREGA, R. S. A.; PAULA, A. M; VILAS BOAS, R. C.; NÓBREGA, J. C. A.; MOREIRA, F. M. S. Parâmetros morfológicos de mudas de Sesbania virgata (Caz.) Pers e de Anadenanthera peregrina (L.) cultivadas em substrato fertilizado com composto de lixo urbano. Revista Árvore, Viçosa, MG, v. 32, n. 3, p. 597-607, 2008.

NODARI, R. O.; GUERRA, M. P.; REIS, A.; FERRARI, D. L. Características de mudas de Schizolobium parahyba (Velloso) Blake, submetidas a diferentes composições de substratos – Fase de viveiro. ÍNSULA, Florianópolis, n. 14, p. 139-149, 1984.

TAVARES, L. S. Lodo de curtimento para a produção de mudas de paricá (Schizolobium amazonicum). 2010. 51 f. Dissertação (Mestrado em Agricultura Tropical) – Universidade Federal de Mato Grosso, Cuiabá, MT.

VIEIRA, A. H.; LOCATELLI, M.; FRANÇA, J. M.; CARVALHO, J. O. M. Crescimento de mudas de Schizolobium parahyba var. amazonicum (Huber ex Ducke) Barneby sob diferentes níveis de nitrogênio, fósforo e potássio. Porto Velho: Embrapa Rondônia, 2006. 17p. (Série Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento, v. 31).

Publicado
2015-12-16
Seção
Artigos