A tríade sarcopenia, disfagia e desnutrição em pacientes internados para reabilitação em um hospital de retaguarda

Palavras-chave: avaliação nutricional, transtornos de deglutição, diagnóstico

Resumo

A tríade sarcopenia, disfagia e desnutrição tem sido estudada devido a sua provável associação. Nos pacientes internados para reabilitação, é possível identificar perdas consideráveis de massa muscular, o que influencia diretamente essas três condições. O estudo objetivou identificar a frequência com que pacientes admitidos para reabilitação, em um hospital de retaguarda, apresentam sarcopenia associada à desnutrição e à disfagia. O trabalho foi do tipo quantitativo, transversal, prospectivo e contou com a participação de 18 pacientes. Foram aplicados questionários e escalas validadas para se rastrear, triar, avaliar ou diagnosticar as complicações temas da pesquisa. A sarcopenia foi diagnosticada em 77,7% (n=14) dos casos; entre esses, 4 (28,6%) apresentaram, concomitantemente, provável disfagia e desnutrição. Ainda, todos os pacientes sem sarcopenia não apresentaram risco nutricional, tampouco distúrbios de deglutição. Sugere-se que a sarcopenia pode ser o fator predisponente à disfagia e à desnutrição, contudo estudos com grupos maiores precisam ser realizados.

Biografia do Autor

Yulle Fourny Barão, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS)

Especialista em Cuidados Continuados Integrados: Atenção à Saúde do Idoso pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS). Bacharel em Nutrição pela UFMS. 

Rafael Alves Mata de Oliveira, Hospital Regional de Mato Grosso do Sul (HRMS)

Especialista em Cuidados Continuados Integrados: Atenção à Saúde do Idoso pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS). Bacharel em Nutrição pela UFMS. Nutricionista residente em Saúde Materno-Infantil pelo Hospital Regional de Mato Grosso do Sul (HRMS).

Natalí Camposano Calças, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS)

Mestre e graduada em Biotecnologia pela Universidade Católica Dom Bosco (UCDB). Preceptora no Programa de Residência Multiprofissional em Cuidados Continuados Integrados: Atenção à Saúde do Idoso, da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) e Escola de Saúde Pública Dr. Jorge David Nasser.

Maruska Dias Soares, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS)

Mestre em Saúde Pública pela Universidade Estadual do Ceará (UECE). Especialista em Gestão da Clínica nas Regiões de Saúde pelo Instituto Sírio-Libanês de Ensino e Pesquisa (IEP). Graduada em Nutrição pela UECE. Docente na Faculdade de Ciências Farmacêuticas, Alimentos e Nutrição (FACFAN), da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) e dos programas de Residência Multiprofissional em Saúde: Atenção ao Paciente Crítico UFMS/Hospital Universitário Maria Aparecida Pedrossian (HUMAP).

Referências

ANDRADE, P. A.; SANTOS, C. A. D.; FIRMINO, H. H.; ROSA, C. D. O. B. Importância do rastreamento de disfagia e da avaliação nutricional em pacientes hospitalizados. Einstein, São Paulo, v. 16, n. 2, p. 1-6, 2018.

BARBOSA‐SILVA, T. G.; BIELEMANN, R. M.; GONZALEZ, M. C.; MENEZES, A. M. B. Prevalence of sarcopenia among community‐dwelling elderly of a medium‐sized South American city: results of the how are you? Study. Journal of Cachexia, Sarcopenia and Muscle, Nova Jersey, v. 7, n. 2, p. 136-43, 2016.

BRASIL. Ministério da Saúde. Portaria n. 2.338, de 3 de outubro de 2011. Estabelece diretrizes e cria mecanismos para a implantação do componente Sala de Estabilização (SE) da Rede de Atenção às Urgências. Diário Oficial da União, Brasília-DF, 3 out. 2011.

BOVIO, G.; MONTAGNA, G.; BARIANI, C.; BAIARDI, P. Upper gastrointestinal symptoms in patients with advanced cancer relationship to nutritional and performance status. Support Care Cancer. Germany, v. 17, n. 10, p. 1317-24, 2009.

BLACKBURN G. L.; THORTON P. A. Nutritional assessment of the hospitalized patient. The Medical clinics of North America. Washington, v. 63, n. 5, p. 11103-11115, 1979.

CHUMLEA, W. M. C.; GUO, S. S.; WHOLIHAN, K.; COCKRAM, D.; KUCZMARSKI, R. J.; JOHNSON, C. L. Stature prediction equations for elderly non-Hispanic white, non-Hispanic black, and Mexican-American persons developed from nhanes III data. Journal of the American Dietetic Association, Chicago, v. 98, n. 2, p. 137-42, 1998.

CUENCA, R. M.; MALAFAIA, D. T.; SOUZA, G. D.; SOUZA, L. R. Q. D.; MOTTA, V. P. D.; LIMA, M. R. A.; GARCIA, C. J. F. D. S. Síndrome disfágica. Arquivos Brasileiros de Cirurgia Digestiva [ABCD], São Paulo, v. 20, n. 2, p. 116-8, 2007.

GUIGOZ, Y.; VELLAS, J.; GARRY, P.; Mini Nutritional Assessment: a practical assessment tool for grading the nutritional state of elderly patients. Facts and Research in Gerontology, Paris, n. 2, p. 15-59, 1994.

JENTOFT, A. J. C. et al. Sarcopenia: revised European consensus on definition and diagnosis. Age and ageing, Oxford, v. 48, n. 1, p. 16-31, 2019.

LIPSCHITZ D.A. Screening for nutritional status in the elderly. Primary Care: Clinics in Office Practice, v. 21, n. 1, p. 55-67, 1994.1994

MIAZGOWSKI, T.; SOŁTYSIAK, M.; OSSOWSKA, K.; KACZMARKIEWICZ, A. The civilization-related phenotypes of abnormal fatty tissue distribution: visceral obesity and sarcopoenic obesity. Arterial Hypertension, Gdańsk, v. 19, n. 1, p. 1-8, 2015.

MOMM, A. N. et al. Sarcopenia no ambiente hospitalar e fatores associados: revisão de literatura. International Journal of Nutrology, Rio de Janeiro, v. 11, n. 1, p. 716, 2018.

NAGANO, A.; NISHIOKA, S.; WAKABAYASHI, H. Rehabilitation nutrition for iatrogenic sarcopenia and sarcopenic dysphagia. The Journal of Nutrition, Health & Aging, [s.l], v. 23, n. 3, p. 256-65, 2019.

PATINO-HERNANDEZ, D.; BORDA M. G.; SANABRIA L. C. V.; Diego Andrés CHAVARRO-CARVAJAL, D. A.; CANO-GUTIÉRREZ C. A. Sarcopenic dysphagia. Revista Colombiana de Gastroenterologia, Bogotá, v. 31, n. 4, p. 418-23, 2016.

SAMPAIO, L. R.; SILVA, M. C. M.; OLIVEIRA, T. M.; LEITE, V. R. Semiologia nutricional. In: SAMPAIO, L. R. (Org.). Avaliação nutricional. Salvador: EDUFBA, 2012, p. 23-47.

SANTOS, A. M.; SOUZA, G. R. B.; OLIVEIRA, A. M. L. Sepse em adultos na unidade de terapia intensiva: características clínicas. Arquivos médicos dos hospitais e da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa São Paulo, São Paulo, v. 61, [s.n.], p. 3-7, 2016.

Publicado
2020-07-06
Como Citar
Fourny Barão, Y., Mata de Oliveira, R. A., Camposano Calças, N., & Dias Soares, M. (2020). A tríade sarcopenia, disfagia e desnutrição em pacientes internados para reabilitação em um hospital de retaguarda. Multitemas, 26(62), 125-136. https://doi.org/10.20435/multi.v26i62.3046