Educação patrimonial em comunidade implantada sobre sítio arqueológico

  • Dirceu Mauricio van Lonkhuijzen
Palavras-chave: arqueologia educação patrimonial memória local

Resumo

As ações de educação patrimonial destetrabalho foram vinculadas ao projeto“Conhecendo e preservando o patrimônioarqueológico local” por meio deuma parceria da equipe de pesquisadoresda Universidade Federal do MatoGrosso do Sul – UFMS com o Museudas Culturas Dom Bosco – MCDB/UniversidadeCatólica Dom Bosco – UCDB.Este trabalho visa contribuir com o (re)conhecimento e (re)valorização dopatrimônio arqueológico localizadosob a comunidade de Porto Caiuá/entorno do Parque Estadual Várzeas doIvinhema – município de Naviraí/MS. Aproposta abrange: um diagnóstico doconhecimento arqueológico atual dacomunidade através de atividades sociorrecreativas,relativas à memória dolocal, apresentando junto aos moradoresas etapas e objetivos dos trabalhosde escavação e pesquisa arqueológica.O trabalho também avaliou as expectativasda comunidade de Porto Caiuá,relativas ao patrimônio arqueológicolocal

Referências

HORTA, Maria de Lourdes Parreiras. Educação patrimonial. In: MUSAE Textos, Rio de Janeiro, 1997.

KASHIMOTO, Emília Mariko; MARTINS, Gilson Rodolfo. Uma longa história em um longo rio: cenários arqueológicos do Alto Paraná. Campo Grande: Oeste, 2005.

KASHIMOTO, Emília. Mariko. Variáveis ambientais e arqueologia no Alto Paraná. 1998. Tese (Doutorado em Arqueologia) – FFLCH-USP, São Paulo.

LONKHUIJZEN, Dirceu Mauricio van. Aplicação de cartografia geomorfológica à análise das relações entre formas de relevo e arqueologia: contribuição a educação patrimonial em Porto Caiuá/Naviraí-MS. Campo Grande: UCDB, 2003.

MARTINS, Gilson Rodolfo. Arqueologia do Planalto Maracaju-Campo Grande. Campo Grande: UFMS, 2003. (Coleção Centro-Oeste de Estudos e Pesquisas). MORLEY, Edna June. Como preservar os sítios arqueológicos brasileiros. Rio de Janeiro: UFRJ, 1999.

PALMA, Aline Toste. Patrimônio arqueológico e natural do Parque Estadual Várzeas do Ivinhema: interface com o turismo e desenvolvimento local. 2006.

Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Local) – Universidade Católica Dom Bosco, Campo Grande.

PROUS, André. Arqueologia brasileira. Brasília: UnB, 1992.

SCHMITZ, Pedro Ignácio. Arqueologia do estado do Mato Grosso do Sul. Tellus, Campo Grande, ano 1, n. 1, out. 2001.

TENÓRIO, Maria Cristina. Pré-História da Terra Brasilis. Rio de Janeiro: UFRJ, 1999.

Publicado
2016-03-07
Seção
Artigos