Levantamento da termitofauna em reflorestamento de Eucalyptus camaldulensis e mata ripária no município de Cuiabá, estado de Mato Grosso

  • Otávio Peres Filho
  • Alberto Dorval
  • Aline Bispo Santos Januário
  • José Renato Maurício da Rocha
Palavras-chave: Isoptera termitrap armadilhas celulósicas

Resumo

Este estudo teve o objetivo de coletar,identificar e comparar as principais espéciesde cupins presentes em diferentesambientes - Mata Ripária e plantio deEucalyptus camaldulensis, com a utilizaçãode armadilhas celulósicas (Termitrap).A pesquisa foi realizada no períodode janeiro a junho e de setembro anovembro de 2007, na Fazenda Mutuca,da empresa Sadia SA, localizada emCuiabá-MT. Na coleta dos cupins foramutilizadas 30 armadilhas/área, dispostasem duas áreas distintas: área um – mataripária; área dois – plantio de eucalipto.As armadilhas de papelão, modelo“termitrap”, foram dispostas em linhareta, permanecendo em campo durante30 dias. Em seguida, foram retiradas e oscupins contados e identificados. Foramcoletados um total de 467.059 indivíduos,incluindo as espécies não identificadas– provavelmente quatro espécies– e seis espécies identificadas, sendoa espécie Nasutitermes macrocephalusmenos expressiva quantitativamente.Heterotermes tenuis foi a espécie queapresentou a maior quantidade de indivíduos(64,32%), seguida pela espécieNasutitermes kemneri (30,42%) do totalcoletado, nos ambientes mata ripária eplantio de Eucalyptus camaldulensis.

Referências

ALMEIDA, L.C.; PETRI, J.L.; IGLESSIAS, A.C. Flutuação populacional e ava¬liação de danos por cupins em parcelas tratadas com diferentes inseticidas. Bol. Téc. Copersucar, Piracicaba, n. 46, p. 37-43, 1989.

ALMEIDA, J.E.M.; ALVES, S.B. Seleção de armadilhas para captura de Hetero¬termes tenuis (hagen). Anais da Sociedade Entomológica do Brasil, Piracicaba, v. 24, n. 3, p. 619-24,1995.

ALTIERI, M.A. The ecological role of biodiversity in agroecosystems. Agriculture, Ecosystems and Environment, Amsterdam, v. 74, p. 19-31, 1999.

ARRIGONI, E. B. et al. Distribuição de espécies de cupins, em cana-de-açúcar, em unidades cooperadas das regiões de Jaú e Sertãozinho. Bol. Téc. Copersucar. Piracicaba, n. 48, p. 38-47,1989.

ALVES, S.B.; BERTI FILHO, E. Controle dos cupins nas construções urbanas e rurais. Piracicaba-SP: ESALQ/USP. 1995. 12p.

BANDEIRA, A.G. et al. Insetos pragas de madeiras de edificações em Belém, Pará. EMBRAPA-CPATU. Boletim de Pesquisa, Belém, n. 101, p. 1-25, 1989.

BANDEIRA, A.G.; MACAMBIRA, M.L.J. Térmitas de Carajás, Estado do Pará, Brasil: Composição Faunística, Distribuição e Hábito Alimentar. Boletim Museu Paraense Emílio Goeldi, Belém, n. 4, v. 2. 1988.

BASU, P.; BLANCHART, E.; LEPAGE, M. Termite (Isoptera) community in the Western Ghats,South India: influence of anthropogenic disturbance of natural vegetation. European Journal of Soil Biology, Montrouge, v. 32, p. 113-21, 1996.

BERTI FILHO, E. Cupins e florestas. In: BERTI FILHO, E.; TES, L.R. (Eds.) Alguns aspectos atuais da biologia e controle de cupins. Piracicaba: FEALQ, 1995, p. 127-140.

BIGNELL, D.E.; EGGLETON, P. Termites in ecosystems. In: ABE, T.; BIGNELL, D.E.; HIGASHI, M. (Eds.). Termites: evolution, sociality, symbioses, ecology. Boston: [s.d.], 2000, p. 363-87.

CAMPOS, M.B.S.; ALVES, S.B.; MACEDO, N. Seleção de iscas celulósicas para o cupim Heterotermes tenuis (Isoptera: Rhinotermitidae) em cultura de cana-de-açúcar. Scientia Agricola, Piracicaba, v. 55, n. 3, p. 480-84,1998. CANCELLO, E.M. et al. Bioecologia e sistemática. In: ZORZENON, F.J.; PO¬TENZA, M.R. (Coord.). Cupins: pragas em áreas urbanas. Boletim Técnico 10. Instituto Biológico, São Paulo, p. 8-20, 1998.

CANCELLO, E.M.; SCHLEMMERMEYER, T. Isoptera. In: BRANDÃO, R.F.; CAN¬CELLO E.M. (Eds.). Biodiversidade do estado de São Paulo, Brasil: síntese do conhecimento ao final do século XX. São Paulo: FAPESP, 1999. p. 82-91.

COSTA-LEONARDO, A.M. A metodologia de iscas para o controle de cupins subterrâneos. Revista de Agricultura, Piracicaba, v. 71, n. 3, p. 337-45, 1996.

______. Cupins-praga: morfologia, biologia e controle. Rio Claro: [s.n.], 2002. p. 128.

CONSTANTINO, R. Chave ilustrada para identificação dos gêneros de cupins (Insecta: Isoptera) que ocorrem no Brasil. Papéis avulsos de Zoologia, São Paulo, 40, p. 387-448,1999.

CONSTANTINO,R.; SCHLEMMEYER,T. Fauna silvestre da região do Rio Manso -MT. Brasília: Ministério do Meio Ambiente, 2000. p. 268.

CUNHA, H.F. da; BRANDÃO, D. Invertebrates Associated with the Neotropical Termite Constrictotermes cyphergaster (Isoptera: Termitidae, Nasutitermitinae). Sociobiology, v. 37, n. 3, p. 593-99, 2000.

CULLENY , T.W.; GRACE, J.K. Prospects for the biological control of subterrane¬an termites (Isoptera: Rhinotermitidae), with special reference to Coptotermes formosanus. Bulletin of Entomological Research, v. 90, p. 9-21, 2000.

FONSECA, J.P. Emprego de inseticidas orgânicos no combate a cupins sub¬terrâneos nocivos a mudas de eucalipto. Arquivos do Instituto Biológico, São Paulo, v. 21, p. 13-19,1952.

GALLO, D. et al. Manual de entomologia agrícola. São Paulo: Ceres, 1988. p. 649.

GRASSÉ, P.P. Termitologia. Paris: Mason, 1982. v. 1, p. 676.

HARRIS, W.V. Termites. Their recognition and control. 2.ed. England: Long¬man, 1971.

HOLT, J.A.; LEPAGE, M. Termites and soil properties. In: ABE, T.; BIGNELL, D.E.; HIGASHI, M. (Eds.). Termites: evolution, sociality, symbioses, ecology. Dordrecht: Kluwer Academic Publishers, 2000. p. 389-407.

HUNT, G.M.; GARRATT, G.A. Wood preservation. 3.ed. New York: Mc Graw Hill, 1967. p. 433. LEE, K.E.; WOOD, T.G. Termites and soils. London: Academic Press, 1971.

LOGAN, J.W.M.; COWIE, R.H.; WOOD, T.G. Termite (Isoptera) control in agri¬culture an forestry by no-chemical methods: a review. Bulletin of entomological research, v. 80, n. 3, p. 309-30, 1990.

MARICONI, F.A.M. et al. Inseticidas e seu emprego no combate às pragas: animais invasores dos domicílios e de outras construções. 2.ed. São Paulo: Nobel, 1986. v. 3, p. 246.

MIKLÓS, A.A.W. Papel de cupins e formigas na organização e na dinâmica da cobertura pedológica. In: FONTES, L.R.; BERTI FILHO, E. (Eds.). Cupins: o desafio do conhecimento. Piracicaba: FEALQ, 1998. p. 227-41.

NOIROT, C. The nests of termites. In: KRISHNA, K.; WEESNER, F.M. (Eds.). Biology of termites. New York: Academic Press, 1970.

NOVARETTI, W.R.T. Controle de cupins em cana-de-açúcar através do emprego de inseticidas de solo. Bol. Téc. Copersucar, n. 33, p. 39-44, 1985.

PAES, J.B.; VITAL, B.R. Resistência natural da madeira de cinco espécies de eucalipto a cupins subterrâneos em testes de laboratório. Revista Árvore, Vi¬çosa, v. 24, n. 1, p. 1-6, 2000.

PAES, J.B.; MELO, R.R.; LIMA, C.R. Resistência de nove painéis a base de madei¬ra a cupins subterrâneos em ensaio de preferência alimentar. In: ENCONTRO BRASILEIRO EM MADEIRAS E EM ESTRUTURAS DE MADEIRA, 8., Uberlândia. Anais... Uberlândia: UFU, CD-ROM. 2002.

______. Resistência natural de sete madeiras a cupins subterrâneos em en¬saio de alimentação forçada. In: ENCONTRO BRASILEIRO EM MADEIRAS E EM ESTRUTURAS DE MADEIRA, 10., 2006, São Pedro. Anais... São Pedro: CEVEMAD/UNESP - IBRAMEM, CD-ROM, 2006.

PIZANO, M.A. Controle de cupins de cana-de-açúcar. In: BERTI FILHO, E.; FONTES, L.R (Ed.). Alguns aspectos atuais da biologia e controle de cupins. Piracicaba: FEALQ, 1995. p. 103-14.

RICHARDSON, B.A. Wood preservation. 2.ed. London: E e FN SPON, 1993. p. 226.

SANDS, W.A. Problems in attempting to sample tropical subterranean termite populatons. Ekol. Pol.,v. 20, n. 3, p.23.

SANTOS, F.M. Levantamento de cupins subterrâneos em plantios de Eucalyp¬tus camaldulensis Dehnh, no município de Várzea Grande, estado de MatoGrosso. Cuiabá, 2004. 18p. Monografia (Graduação) – Faculdade de Engenharia Florestal, Universidade Federal de Mato Grosso, 2004.

THOMANZINI, M.J.; THOMANZINI, A.P.B. W. A fragmentação florestal e a diver¬sidade de insetos nas florestas tropicais úmidas. Rio Branco: EMBRAPA Acre, 2000, p. 21. Circular técnica, n. 57.

WARREN, M.W.; ZOU, X. Soil macrofauna and litter nutrients in three tropical tree plantations on a disturbed site in Puerto Rico. Forest Ecology and Mana¬gement, v. 170, p. 161-71, 2002.

WILCKEN, C.F.; RAETANO, C.G. Eficiência do inseticida fipronil no controle de cupins subterrâneos (Isoptera) em eucalipto. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENTOMOLOGIA, 15., Caxambu-MG. Resumos... Caxambu-MG, 1995. p. 547.

WOOD, T.G.; JOHNSON, R.A.; OHIAGU, C.E. Populations of termites (Isopte¬ra) in natural and agricultural ecosystems in Southern Guinea savanna near Mokwa, Nigeria. Geo-Eco-Trop., n. 1, p. 139-48, 1977.

ZORZENON, F.J.; POTENZA, M.R. Cupins: pragas em áreas urbanas. Boletim Técnico 10, Instituto Biológico, São Paulo, p. 5-40, 1998.

Publicado
2016-03-08
Seção
Artigos