Práticas extensionistas no Laboratório de História: saberes culturais e aprendizagem

  • Fernando Augusto Azambuja de Almeida Universidade Católica Dom Bosco
  • Maria Augusta de Castilho ­Universidade Católica Dom Bosco
Palavras-chave: extensão, História, conhecimento

Resumo

O Laboratório de História da UCDB ­(LABHIS), revitalizado em 2007, é um órgão complementar do Curso de História, que tem como fim arregimentar e arquivar documentos constitutivos da memória da História do Brasil, de Mato Grosso do Sul, da região e da localidade. Objetiva-se com o presente artigo mostrar as atividades desenvolvidas no Laboratório de História, possibilitando aquisição de conhecimentos por parte dos acadêmicos. Para tanto, foram utilizados relatórios, informativos, vídeos, fotos e outras atividades de extensão, tais como: oficinas, cursos, participação de eventos, orientações de pesquisas. Essas atividades têm contribuído para a formação completa dos acadêmicos do Curso de História e de outras áreas. Espera-se que, nos próximos anos, o LABHIS possa aumentar o seu acervo e atividades, contribuindo de forma eficaz e eficiente para o desenvolvimento profissional do educando.

Referências

ÉRNICA, Maurício et al. Cidadania e participação social no Brasil. Argentina: EducaRede, 2007.

FAZENDA, Ivani Catarina Arantes. Interdisciplinaridades: história, teoria e pesquisa. Campinas: Papirus, 1994.

FAVARÃO, Neide Rodrigues Lago; ARAÚJO, Cíntia de Souza Alferes. Importância da Interdisciplinaridade no Ensino Superior. EDUCERE, Umuarama, v. 4, n. 2, p. 103-115, jul./dez. 2004.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia - saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 2004. (Coleção Leitura).

GEERTZ, Clifford. A interpretação das culturas. Rio de Janeiro: Livros Técnicos e Científicos, 1989.

KELLER, Vicente; BASTOS, Cleverson. Aprendendo a aprender. 6. ed. Petrópolis: Vozes, 1995.

Publicado
2015-12-16
Seção
Artigos