Da Capela de Miguel Angelo a janela de Bill Gates

  • Gildásio Mendes dos Santos
Palavras-chave: Igreja Católica, 2. Ética, 3. Arte Cristã, 4. Internet, 5. Nova Evangelização.

Resumo

O mais recente e corajoso pronunciamento da Igreja sobre comunicação foi publicado com o tema: “Internet, novo foro para a Evangelização”¹. A Igreja reconhece na internet um instrumento de comunicação capaz de estreitar distâncias entre as pessoas, oferecer oportunidades para cooperação mútua e crescimento entreas pessoas e países. Por outro lado, o documento descreve os perigos da comunicação via internet, com os desafios do controle cultural através da globalização da comunicação, da deteriorização de outras culturas, a invasão da privacidade e perda de segurança das pessoas quando comunicam via internet. No balanço geral, a Igreja reconhece a importância da internet, o valor desse novo instrumento de comunicação, e o uso dela para a comunicação do Evangelho. Em outro documento, lançado em fevereiro de 2002, Ética na Internet², a Igreja oferece uma reflexão e diretrizes sobre como educar as pessoas para o uso responsável da internet. Nesse cenário de explosão da comunicação virtual através da internet, em que a comunicação se caracteriza por uma total liberdade dos usuários, não existindo nem censura, nem controle, é possível estabelecer uma ética para a internet? Qual o lugar da Internet na evangelização e educação dos jovens na América Latina?³. A Igreja Católica, com sua riqueza artística e litúrgica, tem alguma coisa a contribuir para um maior senso de beleza e ética para milhões de páginas na web? Nesse artigo, o autor pergunta o que a Igreja tem a ensinar e a aprender com as novas tecnologias e os comunicadores não cristãos da chamada Era Virtual4, e apresenta a arte cristão5, música, pintura, teatro, liturgia como instrumentos de diálogo entre a Igreja e os comunicadores da Era da Informação.

Referências

BALDINI, M. Storia della comunicazione. Roma: Newton Compton, 1995

BIOCCA, F.; KIM, T.; LEVY, M. The vision of virtual reality. In: BIOCCA, F.; LEVY, M., Communication in the age of virtual reality. Hillsdale-NJ: Lawrence Erlbaum Associates, 1995.

BIOCCA, F., The cyborg’dilemma: progressive embodiment in virtual environments. Media interface and network design (M.I.N.D.), Michigan State University, 1997.

BIOCCA, Frank; LEVY, Mark L. Communication in the age of virtual reality. Hillsdale, New Jersey: Lawrence Erlbaum Associates, Publishers, 1995.

BRETON, Philippe. Internet: la communication contre la parola. Etudes, 146, p. 775-784, 2001. BROOKS, P. La comunicazione della fede nell’età dei media elettronici. Leumann-Torino: Ellenici,1987.

BRUNO, Nunzio. Dossier: Comunicazione di massa ed educazione ala verità. Presenza pastorale, 70, p. 25-38, 2000.

SANTOS, Mendes Gildásio dos. A arte de comunic@r. Campo Grande-Br: UCDB, 2001.

_____. A realidade do virtual. Campo Grande-Br: UCDB, 2000.

GRANFIELD, P. (a cura di). The Church and communication. Kansas City: Sheed and Ward, 1994.

GREGORY, S.; COLMAN, F. V. The senses in communication. Newbury Park: CA. Sage, 1995.

GROUPE MÉDIATHEC, Les Médias. Textes de l’Église. Paris: Centurion, 1990.

HARRISON, A. Philosophy and the Arts. England: Thoemmes Press, 1997.

HOBBS, J. A. Art in context. New York: Harcourt Brace Jovanovich, 1980.

HUMPHREY, C.; VITEBSKY, P. Sacred Architecture. Boston: Little Brown and Company, 1997.

LEEMAN, F. Hidden images. New York: Harry N. Abrams, Inc. Publishers, 1975.

PONTIFÍCIO Conselho para as Comunicações Sociaisl. Ética na internet. Disponível em: <http://www.vatican.va/roman_curia/pontifi cal_councils/ pccs/documents/rc_pc_pccs_doc_20020228_ethics-internet_po.html>. Acesso em: 2002.

_____. Igreja e internet. Disponível em: <http://www.vatican.va/roman_ curia/pontifical_councils/pccs/documents/rc_pc_pccs_doc_20020228_ church-internet_po.html>. Acesso em: 2002.

Publicado
2016-05-11
Seção
Artigos